Você sabe o que é um investimento ativo ou passivo?

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Aline 02/07/2021 Relatar Quero comentar

Na hora de montar sua carteira de investimentos, optar por determinados produtos e ativos financeiros não é a única escolha. Também é preciso saber como tomar a decisão — o que leva à questão sobre um gerenciamento de investimento que é ativo ou passivo.

Em cada uma dessas duas alternativas, o investidor dedica um nível de esforço e de atenção para o processo de escolha. Com isso, podem-se obter retornos diferentes. Ao saber o que faz sentido para você, é possível tomar decisões mais estratégicas.

A seguir, descubra o que são investimentos ativos e passivos e entenda como funcionam. Acompanhe!

O que é investimento ativo?

Os investimentos ativos são aqueles que exigem um nível maior de dedicação por parte do investidor. Nesse caso, você fica responsável por identificar e escolher cada investimento, com base na análise de critérios relevantes.

Consequentemente, existe um esforço mais intenso vinculado para concluir a composição da carteira de investimentos. Na prática, a decisão é tomada de modo individual e demanda mais tempo. Em geral, o objetivo é superar o desempenho médio de mercado.

Um exemplo simples de investimento ativo é a compra de ações para o longo prazo feita por conta própria. Você terá que fazer uma análise fundamentalista de cada empresa para selecioná-las e, depois, terá que acompanhar o desempenho da carteira.

Na especulação, a atividade é ainda mais intensa. Os traders ficam atentos ao timing para a alocação. Isso porque é preciso saber o momento ideal de abrir e fechar posições, em busca dos resultados desejados.

O que é investimento passivo?

O investimento passivo prevê uma distribuição de recursos que exige menos esforço, em comparação ao investimento que é ativo. A escolha não tem que ser feita individualmente, sendo possível eliminar ou facilitar algumas etapas da decisão.

Para entender melhor, vamos imaginar o investimento em ações. Como você viu, o investimento ativo envolve a aquisição direta de cada ação, por meio de uma avaliação individual. Mas quem busca praticidade pode recorrer a uma carteira recomendada.

Ela é montada por analistas financeiros certificados, que ficam responsáveis por desenvolver o trabalho de estudo e consideração de cada ação. Então, todo esse conhecimento é apresentado na forma de uma carteira que já está balanceada.

Além disso, a carteira recomendada pode seguir estratégias específicas, como ao envolver boas pagadoras de dividendos ou empresas sustentáveis, com base na metodologia ESG. Na prática, o investidor não precisa estudar cada empresa, deve apenas adquirir as ações.

Com isso, seu investimento se torna passivo. O mesmo pode ser dito de quem opta por investir através de fundos. Nesse cenário, o trabalho de análise é transferido para um gestor. Ele pode realizar os investimentos de modo ativo, mas o cotista mantém a passividade.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário