Mãe faz grande mobilização para conseguir waffles fora de linha para o filho autista, e marca surpreende com um presentão!

Matérias Oficiais(+10% Clicks) Yasmim 10/03/2021 Relatar Quero comentar

A canadense Jenna Roman viveu momentos de muita aflição, após descobrir que uma marca de waffles tinha parado de produzir a linha preferida do seu filho Jerico, de 10 anos.

Embora a questão pareça ser facilmente resolvida pela substituição de um outro tipo de waffle, o pequeno tem autismo e, desde os oito meses de idade, tem problemas alimentares extremos.

Mas, graças a uma corrente do bem, a questão foi resolvida da melhor forma.

Em entrevista ao canal CBS News, Jenna falou do histórico complicado de Jerico com os alimentos.

Para se ter uma ideia, no ano passado, o menino adoeceu e teve uma grande regressão, sendo preciso que ele reaprendesse a comer e beber. Para o azar de Roman, o waffle que o filho estava acostumado a comer parou de ser vendido.

Depois de muitas tentativas, ele aprovou um outro produto, vendido pela marca Natural’s Path e que leva canela na receita. O que aconteceu?! Esse waffle também teve a produção encerrada!

“Fiquei tão aliviada que finalmente ele aceitou um novo tipo, já que eu estava quase sem o antigo. Também fiquei feliz por ser uma empresa que pensei ser local, então não teria que passar por tanto estresse novamente”, relembrou.

Mas foi exatamente o contrário… Jenna Roman chegou a fazer uma espécie de “vaquinha” diferente, pedindo para lojas e pessoas que se sensibilizassem com a situação enviassem seus estoques do waffle.

“Estou pedindo ajuda para encontrar e cobrir os custos dos waffles e de um freezer para armazená-los à medida que são congelados”, escreveu no site.

Nesta primeira tentativa, diversos gerentes de lojas a ajudaram. Seu estoque pessoal do alimento cresceu tanto que ela precisou comprar dois freezers extras.

“Estou apenas tentando alimentar meu filho, já passei por tantas coisas com ele apenas comendo, algo que seria simples para outras crianças, mas é um desafio extremamente difícil para ele”, emocionou-se.

A canadense explicou que muitas pessoas não entendiam sua situação, e achavam que ela só precisava dar outros produtos para Jerico.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar