dicas poderosas sobre finanças pessoais

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Aline 01/06/2021 Relatar Quero comentar

Como você cuida hoje das suas finanças pessoais? Seja qual for a resposta, terminando o mês no vermelho ou no azul, sempre dá para melhorar a sua relação com o dinheiro.

1. Transforme Sua Vida Financeira Com a Regra Dos 50-15-35

Você já ouviu falar desta regra? Bem, ela é bastante simples. Consiste em aplicar uma métrica na ideia que repetimos sempre: objetivos e metas.

O conceito é simples: dividir seu orçamento em três percentuais para onde sua renda deverá ser direcionada (ou 3 limites para seus gastos):

50% para gastos essenciais 15% para prioridades financeiras 35% para estilo de vida.

Isso significa dizer que, tudo o que é básico e fundamental, não deverá superar 50% do seu orçamento: moradia, contas de consumo, educação e assim por diante.

Em seguida, as prioridades financeiras devem se limitar a 15% do seu orçamento.

Se você está endividado, essa é a parcela que deverá ser canalizada para o pagamento desses compromissos.

Do contrário, esse percentual deve ser destinado à poupança e construção de patrimônio.

Seguindo os dois parâmetros anteriores, você conseguirá 35% do seu orçamento para gastar com coisas que gosta e trazem sentido para sua vida: passeios, hobbies, restaurantes e tudo mais que te define e te motiva.

Sem essas coisas, as finanças pessoais ficam comprometidas, pois a vida perde, literalmente, a graça.

Cuidado, portanto, em rotular como “supérfluo” as coisas que lhe trazem alegria.

2.Renegocie suas dívidas

Quem quer organizar suas finanças pessoais para sair das dívidas precisa começar renegociando os valores devidos.

Esse momento é essencial para você compreender o montante que precisa pagar – informação que deve guiar o restante do seu planejamento financeiro. 

Além disso, ao renegociar, você muitas vezes consegue frear a incidência dos juros que aumentam a sua dívida.

3. Faça um planejamento financeiro pessoal

Muita gente pensa que o planejamento financeiro pessoal é um bicho de sete cabeças. Mas não é.

Aliás, o grande segredo é ser simples e funcional.

A base de qualquer planejamento é simplesmente definir prazos e metas.

Em resumo: é saber o que se quer, quando se quer, para poder planejar como vai chegar lá. 

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário