Use auxílio emergencial e seguro desemprego para facilitar pagamento da casa própria

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Aline 09/06/2021 Relatar Quero comentar

Na última segunda-feira (7), a Caixa Econômica Federal anunciou a suspensão do pagamento das prestações do financiamento imobiliário em até seis meses. A iniciativa comtempla os beneficiários do auxílio emergencial e seguro desemprego.

Os demais clientes de crédito imobiliário contarão com descontos de até 25% nas parcelas por seis meses. Esses podem solicitar uma redução maior, porém, será realizada uma análise e, em caso de aprovação, a amortização será por menor tempo.

Segundo a Caixa Econômica, os descontos variam de 25% a 75%, com prazo de até três meses. Para ter direito a essa amortização maior é preciso declarar a perda de renda. Caso ainda seja necessário uma redução de mais de 75% será preciso procurar a instituição bancária.

O banco informa que os clientes devem apresentar documentos que comprovem a perda da renda. Todos os descontos são válidos para novos e antigos contratos de financiamento imobiliário.

De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, o intuito e ajudar a população brasileira que está passando por um momento delicado. Para conseguir os descontos simples basta acessar o aplicativo Habitação ou entrar em contato pelo telefone: 0800 104 0104.

É importante saber que, mesmo com os descontos, os clientes não ficam isentos dos juros, seguros e taxas afirmadas no contrato. Com isso, as reduções são diretamente no valor das parcelas do financiamento imobiliário.

Comentário do usuário