Quais as chances de ganhar na loteria?

Quem quer acordar tendo alguns milhões no banco? Provavelmente, 99% das pessoas diriam "eu". Afinal, esse é o sonho que motiva muita gente a apostar e querer ganhar na loteria. Por isso, é comum surgir a seguinte dúvida: quais as chances de ganhar na loteria?

No Brasil, existem diversas loterias e todas elas são reguladas pela Caixa Econômica Federal. No entanto, como há diferentes tipos de jogos, a probabilidade de ganhar também varia.

A seguir, veja como funciona a aposta e quais são as chances de você ser um milionário ganhando na loteria. Boa leitura!

Como funciona a loteria?

A loteria é uma modalidade de jogo de azar baseada no sorteio aleatório.

Vale lembrar, no entanto, que existem muitas versões, mas o princípio é sempre esse: aposta-se em algo (normalmente, números) e a pessoa que tiver os números sortidos, de acordo com as regras, leva o prêmio.

Atualmente, existem 11 tipos de loterias no Brasil, cada uma com suas próprias regras e variedades de prêmios máximos e secundários. Entre elas, a mais conhecida é a , e em cada aposta, é possível escolher entre seis e 15 números dos 60 disponíveis.

As outras loterias são:

Loteria Federal;Super Sete;Dia de Sorte;Lotofácil;Quina;Lotomania;Duplasena;Loteca;Lotogol;Timemania.nível de felicidade de ganhadores da loteria

Quais as chances de ganhar na loteria?

A chance de conseguir levar o prêmio dos sonhos é baixíssima. Na Mega-Sena, por exemplo, a probabilidade de ganhar o prêmio total apostando seis números é aproximadamente de 1 em 50 milhões.

Por isso, basicamente todos os modelos de loterias oferecem mais de uma possibilidade de aposta. E aí vem a pergunta: mas é possível comprar todos os números e garantir a vitória?

Sim, é possível comprar mais números. Contudo, a aposta será cada vez mais cara. No caso da Mega-Sena, quem aposta o máximo de 15 números em um único jogo, por exemplo, passa a ter uma chance de 1 em 10.003. Mas também vai precisar desembolsar, aproximadamente, R$22.522,50 para comprar seu jogo.

Na Lotofácil, por exemplo, a pessoa aposta entre 15 e 20 números dos 25 totais. Ganha o prêmio máximo quem acertar as 15 dezenas. No entanto, há premiações também para quem acertar 11, 12, 13 ou 14 números.

Caso faça a aposta mínima na Lotofácil, ou seja, marcar as 15 dezenas, a probabilidade de faturar o prêmio máximo é de 1 em 3.268.760.

Já na Quina, os apostadores podem escolher entre cinco a 15 números. O prêmio máximo vai para quem acertar as cinco dezenas. Caso seja feita a aposta mínima, a chance de acertar as cinco dezenas é de 1 em 24.040.016.

A probabilidade de ganhar o prêmio máximo (apostando o jogo mínimo) em cada uma das loterias é:

Loteria Chance de ganharFederal1 em 100.000Mega-Sena1 em 50.063.860Super Sete1 em 10.000.000Dia de Sorte1 em 2.629.575Lotofácil1 em 3.268.760 Quina1 em 24.040.016Lotomania1 em 11.372.635Duplasena1 em 15.890.700Loteca1 em 2.391.485Lotogol1 em 9.765.625Timemania1 em 26.472.637

Para onde vai o dinheiro apostado?

Acima destacamos que muitas pessoas apostam nas loterias e que elas são gerenciadas pelo Governo Federal. De fato, a arrecadação nos jogos de apostas é elevada. No terceiro trimestre de 2019, por exemplo, foram arrecadados R$4,05 bilhões.

Por isso, às vezes, surge a seguinte dúvida: todo esse dinheiro vira prêmio? A resposta é que não. Apenas uma parcela da quantia arrecadada com os jogos é convertida em premiações.

Boa parte do dinheiro das apostas é repassado ao Governo Federal para financiar projetos em diversas áreas, tais como: segurança, cultura, saúde ou esporte.

Além disso, no caso da Mega-Sena, quase 10% vai para o Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) e cerca de 2,5% são destinados ao Ministério do Esporte, dentro do Ministério da Cidadania, por exemplo.

Antes de fazer as apostas nas loterias para ser um novo milionário, lembre-se: tenha bom senso e planejamento para não gastar recursos que podem fazer falta no futuro.

Comentário do usuário