Bolsonaro quer Bolsa Família de R$ 300, mas governo consegue pagar?

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Aline 18/06/2021 Relatar Quero comentar

O presidente da república, Jair Bolsonaro (sem partido), anunciou a ampliação do Bolsa Família para R$ 300. Porém, a divulgação do valor surpreendeu até mesmo os integrantes do governo que acreditam que esse valor não cabe no teto de gastos para 2022.

Desde o ano passado o governo trabalha em acabar com o Bolsa Família e substituí-lo por outro programa que seja vinculado a atual gestão. Após diversas divergências, o Renda Brasil e o Renda Cidadã foram cancelados.

Ambos os programas foram criados para substituir o Bolsa Família. Porém, para bancar foram sugeridos diversas ações que não foram vistas como positivas. Por exemplo, o Renda Cidadã sugeriu usar parte do Fundeb e os precatórios.

Após muitas discussões entre parlamentares e equipe econômica, o presidente decidiu acabar com a ideia. Nesse cenário, no fim do ano passado foi anunciada a permanência do pagamento do Bolsa Família para 2021.

Além disso, foi anunciada uma ampliação no valor e no número de beneficiários. Diante disso, várias possibilidades de melhorias foram discutidas. Até o momento, o governo afirmou que serão incluídos mais 4 milhões de beneficiários passando a contemplar 18,6 milhões.

Bolsa Família de R$ 300

O Novo Bolsa Família deve começar a vigorar após o fim do pagamento do auxílio emergencial 2021. Esse estava previsto para chegar ao fim no próximo. Porém, no início de junho o ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou a prorrogação do pagamento por dois ou três meses, dependendo da vacinação.

Dessa maneira, o Novo Bolsa Família deve começar no mês de outubro ou novembro. O programa terá a média de pagamento ampliada. Atualmente, os beneficiários recebem, em média, R$ 192. Esse valor é variável, já que o programa é composto por diversos benefícios.

A equipe econômica do governo analisava a possiblidade de ampliar a média para R$ 250. Esse aumento geraria um gasto adicional de R$ 18,7 bilhões para 2022. Porém, na última terça-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o novo Bolsa Família pagará R$ 300.

O anúncio gerou desconforto entre os próprios integrantes do governo que foram pegos de surpresa. Segundo técnicos da equipe econômica, esse valor de R$ 300 não cabe no teto de gastos proposto para o ano que vem.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário