Quais serão as mudanças do Bolsa Família em 2021?

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Aline 07/06/2021 Relatar Quero comentar

alvez a principal das mudanças que o Governo Federal pretende aplicar dentro do Bolsa Família seja uma possível mudança de nome. A informação ainda não foi confirmada por nenhum integrante do Governo, mas especialmente considerando que no próximo ano, já vai acontecer a próxima campanha eleitoral, muito tem se especulado que o Planalto quer utilizar um novo nome para reforçar o processo de reformulação do programa diante do eleitorado brasileiro.

Diante desse cenário, um novo nome para o Bolsa Família serviria para dar créditos ao atual Governo em relação às mudanças que vão ser implementadas. E isso poderia ser útil quando se considera que o programa social foi criado pelos governos anteriores.

Outra das mudanças que vem sendo vislumbradas é a criação de um Auxílio Creche no valor de R$ 250 reais por mês para as famílias. E esse valor do auxílio creche poderia, então, ser utilizado pelas famílias para a contratação de creches particulares.

Em um primeiro momento, o Auxílio Creche não parece uma proposta tão controversa. Porém, a possível decisão tem gerado uma certa polêmica no que diz respeito ao orçamento. Acontece que para dar conta de pagar o valor de R$ 250 reais mensais do auxílio creche, o Governo precisaria fazer uma redução nas verbas que, atualmente, são direcionadas para as creches públicas. Ou seja, as creches que são mantidas por verbas municipais, estaduais ou federais.

Outra mudança no Bolsa Família que também tem sido bastante discutida entre a população é a criação de bolsas de estudo para os estudantes que fazem parte das famílias que estão cadastradas no Programa Bolsa Família. As bolsas, nesse sentido, seriam direcionadas para os estudantes que se destacam de alguma forma em algum campo de estudo da ciência.

O valor da bolsa para os estudantes de famílias cadastradas no Bolsa Família seria de R$ 100 reais mensais, além de um prêmio anual de R$ 1000 reais. Para além disso, os melhores alunos de cada instituição pública, desde que cadastrado no Bolsa Família, também teria o direito de receber um valor de R$ 200 reais por ano.

Comentário do usuário