Jardineiros terminam trampo, cliente revela que não tem dinheiro e jardineiros destroem o trampo

Uma família achou que poderia bancar a esperta com a equipe de jardineiros da empresa de Jack Pendergast, um pequeno grupo que faz bonitos jardins.

Acontece que o pessoal queria pagar fiado pros jardineiros, mas resolveu avisar só depois de terminado o trabalho.

E não era um trabalho pequeno: foi uma reforma completa do quintal, com um grande muro de madeira, troca inteira do piso e todo o jardim.

O custo foi de 7.300 libras (53.000 reais). Quando terminaram o trabalho e a família disse não ter dinheiro, Jack aceitou e esperou com que eles tivessem.

Ele os cobrou de novo, e de novo e de novo, e sempre uma desculpinha.

Quando chegou na quinta cobrança, ele decidiu abdicar do seu dinheiro e deixar um vídeo-exemplo pra todo futuro cliente que planejasse um calote.

Armando sua equipe com marretas, eles invadiram o quintal da família e destruíram absolutamente tudo, quebrando os pisos e deitando o muro abaixo, enquanto a assustada família via tudo através da porta de vidro.

A polícia chegou a ir ao local, segundo o Daily Mail, mas após uma rápida conversa com Jack, eles foram embora.

Enquanto destruía tudo, Jack aponta pra mulher do lado de dentro dizendo: "mentirosa, isso o que ela é. Fazendo o pessoal trabalhar pra não receber".

Segundo a polícia, era um "assunto civil", e eles declararam oficialmente que não vão fazer nada.

Com o propósito de "Verdadeiro e Transcendência", este site fornece o conteúdo e as informações mais úteis para todos os usuários do site, e as notícias mais recentes, os relatórios mais oportunos e os dados mais autênticos também podem ser encontrados naqui.

Individualidade e Qualidade são as conotações do site:

Qualidade significa fornecer aos usuários do site um alto padrão de conteúdo com alta qualidade e alta eficiência.

Individualidade, ou seja, inovação que acompanha o tempo e uma visão única para criar um site único.

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

Comentário do usuário