Auxílio emergencial gaúcho inicia novos pagamentos de R$ 2.000 no RS

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Aline 19/07/2021 Relatar Quero comentar

Olá, querido amiguinho.  É claro que hoje ainda vou compartilhar com você um pouco sobre o aspecto financeiro do conteúdo, afinal de contas, você também sabe que sou principalmente para compartilhar o conteúdo financeiro, não estou brincando com você, vamos entrar no assunto principal e dar uma olhada no que estou compartilhando com vocês hoje.  

 Para as coisas financeiras nós todos temos dúvidas de uma forma ou de outra, nós lutamos para encontrar um emprego ou começar um negócio, e também pode ser sobrecargado por mudanças no mercado econômico, não posso dizer que tem um profundo conhecimento sobre as coisas financeiras, aqui é principalmente para fornecer o conteúdo e informação mais útil,  E fornece as últimas notícias, os relatórios mais atualizados e os dados mais autênticos.

O auxílio emergencial gaúcho pagará R$ 800 ou R$ 2.000 para desempregados, MEIs e empresas do Simples Nacional. Mães chefes de família já receberam os valores.

auxílio emergencial gaúcho, que foi sancionado pelo governo do , vai pagar até R$ 2 mil reais de acordo com a situação dos beneficiários. Pela proposta, será transferido o montante de até R$ 107 milhões para aproximadamente 104,5 mil pessoas. "Esse benefício mostra a importância que o governo dá às pessoas mais afetadas pela pandemia", disse o governador do RS, Eduardo Leite.

Em vídeo divulgado no dia 09 de maio de 2021, ele confirmou que o pagamento do auxílio emergencial gaúcho iria  começar pelas mães chefes de família em situação de vulnerabilidade. Esse público contou com uma  parcela única de R$ 800 entre os dias 17 de maio de 10 de junho de 2021.

Além do mais, o auxílio emergencial gaúcho será concedido para aqueles ligados aos  setores de alimentação, alojamento e eventos (desempregados, MEIs e empresas do Simples Nacional). As inscrições para empresas do Simples Nacional já se encerraram e o governo se prepara para iniciar os depósitos.

“A nossa missão é o mais rápido possível, num prazo de no máximo entre 30 e 45 dias, fazer chegar esse recurso (...)”, explicou o governador Eduardo Leite.  Todos os pagamentos vão ser realizado pelo Banrisul.

Auxílio emergencial gaúcho começa a ser pago para empresas do Simples Nacional

Agora é a vez dos empresários donos de empresas do Simples Nacional receberem o auxílio emergencial gaúcho. De acordo com o governo do Rio Grande do Sul, o cadastro ficou aberto até 21 de junho e pôde ser feito pelo . A partir do cadastro, os documentos apresentados foram analisados e os solicitantes que estão dentro dos critérios terão o valor será liberado.

O objetivo é fazer os pagamentos de parcela única de R$ 2.000 no início de julho para 19.458 empresas, calculando um orçamento total de R$ 38.916.000. “Um valor que pode não resolver todos os problemas dessas empresas, mas é uma maneira de ajudarmos neste momento complicado em função da pandemia”, afirma o governador Eduardo Leite.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário