Como prevenir pulgas em seu cachorro?

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Themis 25/01/2021 Relatar Quero comentar

A chegada do verão aquece todas as partes do país! O que se segue são coisas às quais os amigos com cães precisam prestar mais atenção, como o horário de passear com o cachorro para evitar de queimar as patinhas.

Também temos que redobrar a atenção em relação à hidratação e mesmo com o risco de insolação. Pois é, o verão que quase todo mundo ama, traz uma série de cuidados que não podemos deixar passar.

Mas também é no verão que as pulgas costumam fazer a festa. Mas como são convidados super indesejáveis, a gente vai te deixar a par de tudo para que o seu amigão não contraia esse parasita!

As pulgas nascem de ovos que são comumente encontrados em locais que seu pet costuma frequentar, como grama, carpete e mobílias.

Os ovos são chocados e se tornam larvas que, depois de adultas, viram as pulgas. Durante a fase adulta, as pulgas fêmeas depositam seus ovos e o ciclo se renova.

Para que esses ovos eclodam e nasçam pulgas fortes e sadias, eles precisam de um clima quente e úmido promovido pelas chuvas tão características do fim de tarde. Então aí, sempre que estamos no verão, temos um aumento nos casos de pulgas nos cachorros.

Posso transmitir pulgas para o cachorro? Sim!

As pulgas não gostam da pele humana, portanto, normalmente, não somos hospedeiros, mas podemos ser transmissores.

Se você é como eu e não aguenta ver um doguinho na rua que já vai logo abaixando e fazendo carinho, saiba que, em raros casos, uma pulguinha pode pular em você e ficar até que você encontre um hospedeiro real: um gato ou cachorro.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário