Pagamento da 7ª e última parcela do auxílio começa 18/10/2021

Sidnei de Jesus 83_SidSJ 18/10/2021 09:03 Relatar

Começa 18/10/2021 o pagamento da 7ª e última parcela do auxílio; veja quem recebe

A Caixa Econômica Federal começa a depositar nesta segunda-feira (18) a sétima e última parcela do auxílio emergencial.  Recebem hoje beneficiários do Bolsa Família com o NIS (Número de Inscrição Social) de final 1. Os valores variam de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família. O dinheiro fica disponível para compras, pagamentos, transferências e saque.

Para os demais, o pagamento da sétima parcela começa em 20 de outubro. O depósito do auxílio é feito de acordo com o mês de nascimento, no caso dos trabalhadores informais. Para beneficiários do Bolsa Família, o calendário segue o último dígito do NIS.

Veja o calendário completo da sétima parcela do auxílio

Imagem: Arte/UOL

Liberação de saque da 6ª parcela

A Caixa também libera hoje o saque da sexta parcela do benefício para trabalhadores informais nascidos em outubro. O dinheiro havia sido depositado em 1º de outubro, mas ainda não estava disponível para saque.

Fim do auxílio se aproxima sem definição do Auxílio Brasil

Com o calendário de pagamento do auxílio emergencial prestes a terminar, o governo ainda não definiu como atender as pessoas que ficarão sem a ajuda com o fim do programa.

Em agosto, o governo editou uma medida provisória para criar o Auxílio Brasil, para substituir o Bolsa Família, e disse que a ideia do programa é ampliar o valor do benefício e o número de pessoas atendidas. Até o momento, porém, os números não foram informados.

O pagamento do novo programa também depende de o governo conseguir dinheiro e espaço no teto de gastos. Para isso, defende aprovar a reforma do Imposto de Renda, que está no Senado, e a PEC (Proposta de Emenda à Constituição), que está na Câmara.

Auxílio com valor menor e para menos pessoas

O auxílio emergencial 2021 está mais restrito que o do ano passado, com valores de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, dependendo da família, limitado a um benefício por família. 

São beneficiadas 45,6 milhões de pessoas, 22,6 milhões a menos do que no auxílio emergencial de R$ 600, pago em meados do ano passado (68,2 milhões de pessoas).

Só recebe o novo auxílio quem recebeu no ano passado e, portanto, já está inscrito nos cadastros públicos usados para a análise dos pedidos. Quem não faz parte dos cadastros não receberá o benefício, visto que não haverá novos pedidos.

Quem pode receber?

É preciso atender uma série de critérios para receber o novo auxílio:

ter recebido o auxílio emergencial em 2020ser trabalhador informal ou beneficiário do Bolsa Famíliater renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.300)ter renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 550)

Como saber se recebo?

Há três canais para consultar se terá direito:

Portal da Dataprev: https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta/#/Site da Caixa: auxilio.caixa.gov.brTelefone 111

Qual é o valor do auxílio?

Dependerá da condição de cada benefício:

Para quem mora sozinho: R$ 150Famílias com mais de uma pessoa e que não são chefiadas por mulheres: R$ 250Famílias chefiadas por mulheres: R$ 375

Como é o pagamento?

O governo deposita o dinheiro nas contas digitais gratuitas abertas pela Caixa em nome dos beneficiários do auxílio no ano passado. O dinheiro pode ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem.

Primeiro, a pessoa recebe o depósito e só consegue usar o dinheiro para compras e pagamento de contas. O saque do dinheiro só é disponibilizado semanas mais tarde.

Quem não pode receber?

Não têm direito, segundo o governo:

trabalhadores formais, com carteira assinadaquem recebe benefício do INSS ou de programa de transferência de renda federalquem recebeu o auxílio em 2020, mas não sacou nem usou o dinheiroquem estiver com auxílio emergencial 2020 cancelado no momento da análise cadastral do novo auxílioresidentes médicos, multiprofissionais, beneficiários de bolsas de estudo, estagiários e similarespessoas com menos de 18 anos, exceto mães adolescentespresidiáriosquem teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019quem tinha em 31 de dezembro de 2019 a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 milquem recebeu em 2019 rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte superior a R$ 40 mil

Como faço para pedir o auxílio?

Não é possível pedir o benefício. No ano passado, o governo disponibilizou um aplicativo e um site para o trabalhador se cadastrar e solicitar o auxílio.

Neste ano, o governo vai usar o cadastro feito no ano passado. Se avaliar que o trabalhador atende os critérios, pagará o benefício automaticamente, sem que o trabalhador tenha que fazer nada para receber.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2021 www.br-novodia.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais Contate-nos zhangmin56232931@gmail.com,Se houver alguma infração, entre em contato conosco

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.