Urbanização impulsiona setor imobiliário de Maricá

Maricá é o que se pode chamar de 'a bola da vez' no mercado imobiliário fluminense. Distante apenas 50 quilômetros da capital, o município da Costa do Sol, que faz divisa litorânea com Niterói, está passando por mudanças estruturais, com investimentos em infraestrutura e urbanização.

Banhado por 46 quilômetros de praia e dono de um dos maiores sistemas lagunares do mundo, o município possui extensa serra de Mata Atlântica, com rica diversidade de fauna e flora, além de cachoeiras e lagos em caverna.

Para o CEO da Ferque Construtora, Igor Ferreira Queiroz da Silva, Maricá está em evidência em função das transformações estruturais e culturais pelas quais vem passando e deve estar entre as cidades do estado que mais oferecem qualidade de vida dentro de uma década.

Um dos atrativos do mercado imobiliário local são as construções horizontais, que ganharam impulso com a pandemia. Na Ferque, a demanda por imóveis residenciais unifamiliares aumentou 60% desde o início do ano passado, com taxa de conversão de venda de 90%.

A procura está acima das expectativas. Observamos um aumento significativo nas vendas desse tipo de residência, que hoje corresponde a cerca de 85% do nosso faturamento. Os estoques de lotes estão esgotados — informa Igor Queiroz.

A construtora tem dois grandes lançamentos previstos para este ano no município, em parceria com a Six Incorporações: um empreendimento de 40 apartamentos premium com varanda gourmet e outro com 228 casas, infraestrutura de lazer completa e imensa área verde.

ACAC Engenharia também vem apostando no potencial imobiliário de Maricá. A construtora tem no local um empreendimento com 386 casas, que se enquadra no programa Casa Verde e Amarela, em fase de aprovação. As unidades ficam a 20 minutos do centro do município, o que facilita o deslocamento para Niterói, Rio de Janeiro e São Gonçalo.

 Maricá tem uma qualidade de vida muito boa. A proximidade do nosso empreendimento com grandes centros urbanos é um facilitador para quem precisa se deslocar para trabalhar e busca morar num local mais tranquilo, principalmente nos finais de semana. Esse deslocamento fácil une o útil ao agradável — comenta a diretora da CAC Engenharia, Christiane Marques Dias.

Termômetro

Uma das maiores imobiliárias da região, a Spin Inovações vendeu mais de sete mil lotes em condomínios fechados em Maricá desde 2012. CEO da empresa e vice-presidente de Relações Externas da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi) de Niterói, Bruno Serpa Pinto diz que os estoques de imóveis na região estão baixíssimos, e a demanda, muito alta.

Nossa loja de Maricá é a que soma o maior número de unidades vendidas. E a expectativa agora é com a aprovação de um empreendimento de 800 unidades na região, que está em fase final. Há uma perspectiva fantástica para os próximos anos — avalia Bruno Serpa, informando que o preço de um lote em condomínio com toda a estrutura de lazer no município está na faixa de R$ 400 o metro quadrado.

Um dado que reforça a tendência de alta do mercado imobiliário de Maricá vem da Marcelo Imóveis. O diretor Leandro Miranda Amitrano informa que o número de imóveis vendidos no primeiro semestre deste ano foi o mesmo observado ao longo de 2019.

Ele destaca ainda que, além das belezas naturais da região e dos investimentos que a cidade vem recebendo, Maricá é também uma referência em educação pública.

Todos esses fatores agregam valor ao município, que ainda é de pequeno porte. Pelo mesmo valor de um apartamento de dois quartos na cidade do Rio, em Maricá, é possível comprar uma mansão em condomínio — compara.

Em busca de um novo jeito de viver a vida

Com custo de vida mais barato, Maricá não tem problemas de criminalidade

Os novos empreendimentos em Maricá têm atraído um público de fora da região. Pesquisa feita pela CAC Engenharia para o lançamento de seu novo empreendimento constatou que moradores de Niterói e de São Gonçalo têm o desejo de morar no município em função do estilo de vida que oferece.

A avaliação é de que nosso empreendimento atrairá não só o morador de Maricá, mas de outras regiões também — diz Christiane Dias.

O isolamento social imposto pela pandemia tem levado uma boa parte da população de grandes centros a buscar alternativas de moradia, com mais espaço e qualidade de vida, uma vez que adequar a residência nem sempre é possível.

Esses fatores, associados à maior oferta de crédito, fizeram com que as pessoas buscassem novos locais, e Maricá tornou-se uma excelente opção. São pessoas financeiramente estabilizadas, que podem trabalhar em home office e vislumbraram uma nova forma de vida numa cidade em plena expansão, com custos menores e inúmeros atrativos naturais — endossa Igor Queiroz.

E tem mais! Há uma grande expectativa em torno do lançamento de um complexo hoteleiro no município, que tem um aeroporto a cerca de 1,5 quilômetro do centro. Tudo isso torna Maricá uma ótima opção também para quem quer investir.

Para quem vê o município como um bom investimento, há a possibilidade de comprar um imóvel, reformá-lo e colocá-lo à venda. Ou ainda adquirir um terreno e construir uma casa para revender — sugere Leandro Amitrano.

Bruno Serpa destaca que, em função da pandemia, morar em uma casa é o desejo de muitas famílias — e Maricá oferece essa possibilidade por não ter problemas de criminalidade ou de desordenamento urbano, além de ter custos menores que Niterói.

A cidade tornou-se uma oportunidade para o cliente levar mais por muito menos.

Comentário do usuário