Como economizar energia elétrica? Confira 10 dicas para aplicar no seu dia a dia

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Aline 20/07/2021 Relatar Quero comentar

Olá, querido amiguinho.  É claro que hoje ainda vou compartilhar com você um pouco sobre o aspecto financeiro do conteúdo, afinal de contas, você também sabe que sou principalmente para compartilhar o conteúdo financeiro, não estou brincando com você, vamos entrar no assunto principal e dar uma olhada no que estou compartilhando com vocês hoje.  

 Para as coisas financeiras nós todos temos dúvidas de uma forma ou de outra, nós lutamos para encontrar um emprego ou começar um negócio, e também pode ser sobrecargado por mudanças no mercado econômico, não posso dizer que tem um profundo conhecimento sobre as coisas financeiras, aqui é principalmente para fornecer o conteúdo e informação mais útil,  E fornece as últimas notícias, os relatórios mais atualizados e os dados mais autênticos.

A conta de luz no Brasil é uma das mais caras do mundo, o país está em 14º neste quesito, . Por esse motivo, o brasileiro precisa saber como economizar energia elétrica para que ela não comprometa as . 

Em julho, a conta de luz sofreu um novo reajuste de 52%, já que Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) acionou a bandeira vermelha patamar 2 para reduzir a crise hídrica no país. 

Com isso, a cobrança extra na conta de luz passou, a cada 100 kWh de consumo, de R$ 6,24 para R$ 9,49. A pergunta que fica é: como economizar energia elétrica mesmo nesse cenário? 

Para te ajudar a reduzir o impacto do aumento no valor da conta de luz, neste artigo você vai entender: 

Como funcionam as bandeiras de energia elétrica?;  Em qual horário a energia é mais cara?; Quais equipamentos mais consomem energia?; 10 dicas para economizar energia elétrica

Boa leitura! 

Como funcionam as bandeiras de energia elétrica?

Desde 2015 o país utiliza, mensalmente, um sistema de  para definir os acréscimos da conta de luz. 

Definido pela  (Aneel), e, informado todos os meses aos consumidores, é pela cor da bandeira que o cliente sabe se está pagando um valor extra npela energia elétrica que consome. Por isso, é muito importante estar atento a esse anúncio mensal. 

As cores das bandeiras no país variam de acordo com o custo de geração de energia para o Sistema Interligado Nacional (SIN), em relação à quantidade e disponibilidade de água nos reservatórios. As cores são: 

verde: valor da conta normal, sem acréscimos; amarelo: sinal de alerta e acréscimo de R$ 1,874 a cada 100 kWh de consumo;  vermelho patamar 1: Condições desfavoráveis para geração de energia e acréscimo de R$ 3,971 a cada 100 kWh de consumo; vermelho patamar 2:  Condições ainda mais desfavoráveis e acréscimo de R$ 9,492 a cada 100 kWh de consumo.

Em qual horário a energia é mais cara?

Com certeza você já ouviu dizer que existem períodos do dia em que a energia é mais barata, ou seja, em que o consumo é menor e, de fato, isso existe. No Brasil existem dois períodos a se levar em conta, são eles: 

Fora do horário de pico: período em que a energia é mais em conta.  Dentro do horário de pico (horário de ponta): período em que a energia é mais cara, já que mais pessoas estão consumindo-a no país, com banho, TV ligada, etc. Considera-se o horário de pico entre 18h e 21h. 

Sabendo disso, aproveite o período que fica fora do horário de pico para lavar roupa, passar ou tomar banho. Assim, você pode  no consumo e na sua conta ao final do mês. 

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário