Dicas Sobre Finanças Pessoais

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Aline 01/06/2021 Relatar Quero comentar

3. Poupe parte do seu dinheiro e invista (mesmo ganhando pouco)

Ganhar pouco não é desculpa para não poupar.

Lembra a regra dos 50-15-35? Ela cabe em qualquer orçamento.

O grande segredo das finanças pessoais não é ficar tentando adaptar seus ganhos à sua vida, masadaptar sua vida aos seus ganhos.

Esforce-se, assim, para conseguir separar 15% do que ganha para poupar e, por consequência, investir.

Esqueça esse dinheiro e condicione-se a viver com os 85% restantes e adapte sua vida a eles.

Assim, com disciplina e paciência, você verá seu patrimônio crescer.

E, a partir desse ponto, utilize-se de tudo o que a Rico te oferece para escolher os melhores investimentos.

Seu dinheiro crescerá mais rápido e você atingirá seus objetivos.

4. Aprenda como economizar dinheiro

A economia de dinheiro é parte importante das finanças pessoais, por isso, falamos tanto sobre esse assunto.

E, por mais óbvio que pareça, economizar vem de cortar desperdícios – tão simples quanto isso.

E, após começar a fazer o controle dos seus gastos, ficará muito fácil identificá-los.

De forma resumida: desperdício de dinheiro é tudo aquilo que você paga mas não usa, ou, o gasto para o qual (caso use) haveria opção mais barata.

Alguns exemplos práticos:

TV por assinatura: se você não usa, cancele

Telefonia: veja se seus planos estão adequados ao seu consumo. Sempre é possível gastar menos

Assinaturas em geral: o brasileiro é conhecido por assinar um monte de coisas e não cancelar. Seja o serviço de streaming de música ou aquela revista que nunca lê, cancele tudo e só pague aquilo que efetivamente usa.

Seja a academia que não vai, ou um carro que fica na garagem e não usa, vale o mesmo raciocínio: só cortando os desperdícios você poderá poupar e ver seu patrimônio crescer.

Comentário do usuário