Como aproveitar leilões de imóveis pela Internet

Você já pensou em aproveitar leilões de imóveis pela internet? Se sim, saiba que essa pode ser uma ótima oportunidade para adquirir seja uma casa ou um apartamento. Mas o que é um leilão de imóveis? É uma opção diferente para realizar a compra de uma propriedade.

Um imóvel pode ir a leilão porque não teve uma parcela paga para a instituição financeira, ou devido a alguma outra dívida. Além disso, existem vantagens de participar de leilões de imóveis pela internet, e uma das principais é o preço.

Mas existe também a opção de ser mais cômodo para quem compra. Isso porque a pessoa não precisará sair de casa para dar o lance de um determinado valor, na propriedade desejada. 

Como participar de leilões de imóveis pela internet

Para participar de leilões de imóveis pela internet é necessário acessar um site que seja confiável, porque na rede existem diversas empresas que realizam esse tipo de transação. A maioria dos sites pede que o comprador realize um cadastro para poder participar do leilão.

Mas antes de se cadastrar, faça uma busca para saber se a instituição escolhida realmente é segura. Pesquise em sites como o Reclame Aqui sobre a reputação da empresa. Dessa forma, você estará mais seguro na hora de efetuar o seu lance.

Após realizar a pesquisa e o seu cadastro, você poderá começar a participar de leilões de imóveis pela internet. Leia o edital do leilão com atenção e verifique todas as informações necessárias. 

É importante lembrar que qualquer pessoa física ou jurídica pode participar de leilões, desde que sejam maiores de idade. Eles também deverão estar na livre administração dos seus bens.

Lembre-se que alguns sites permitem que os compradores visitem os imóveis que serão leiloados. Por isso, procure ver se a empresa que você escolheu tem essa opção para os clientes e marque a sua visita.

5 dicas para aproveitar o leilão de imóveis pela internet

De acordo com André Zukerman, diretor da Zukerman Leilões, existem alguns cuidados que o comprador deve ter ao participar de um leilão de imóveis pela internet. Confira abaixo quais são as precauções necessárias.

1) Sempre leia o edital antes

É nele que consta todas as informações necessárias sobre o procedimento do leilão e do imóvel a ser leiloado. Um exemplo: é a data do evento, o valor mínimo do lance, as características do vendedor. Além das responsabilidades de cada parte, os impostos e as dívidas.

No edital, você poderá sanar algumas dúvidas que são comuns surgir durante esse processo. Além de evitar a falta de conhecimento de um determinado detalhe, que pode ser considerado importante.

2) Verifique a condição do imóvel

É importante que você visite a propriedade que pretende adquirir para saber quais são as condições do local. Fique atento também para verificar se o imóvel está ocupado, o que é comum nesses casos.

Durante os leilões é o arrematante que fica responsável por entrar com uma ação judicial para a desocupação dos moradores.

Mas é necessário ressaltar que o tempo do processo pode variar de acordo com cada caso. Por isso, se você tem pressa para se mudar procure uma casa que esteja desocupada.

3) Saiba a diferença entre leilão judicial e extrajudicial

Existem dois tipos de leilões: o judicial e o extrajudicial. O primeiro é realizado por determinação do juiz para ação de execução do bem em caso de processo de falência e dívidas de condomínios.

Já o extrajudicial pode ter diversas fontes, como por exemplo patrimônios de instituições financeiras, empresas, pessoa física ou até mesmo por alienação fiduciária.

Este último para quando o imóvel é dado de garantia a um banco ou uma instituição financeira.

Os leilões de imóveis pela Internet são uma opção para quem quer comprar uma casa mais em conta

4) Realize um levantamento das dívidas e os riscos

Como os valores da compra do imóvel são abaixo do mercado, é preciso realizar uma pesquisa detalhada para analisar se o desconto compensa todos os custos envolvidos no negócio. Isso porque em algumas propriedades poderá ser necessário realizar uma reforma.

Além disso, o imóvel também poderá ter dívidas relacionadas à propriedade em si, como o IPTU e as taxas de condomínio. Dependendo do caso, essas contas passam a ser de responsabilidade do novo morador.

5) Tenha um planejamento financeiro

Calcule quanto você realmente poderá gastar na compra de um imóvel por meio do leilão, sem comprometer a renda da família. Faça uma lista de todas as despesas que você tem e compare.

Durante o leilão, defina qual será o seu valor máximo de oferta, mesmo que a oportunidade seja boa. Verifique, também, no edital qual poderá ser a forma de pagamento do imóvel, isso porque alguns só podem ser pagos à vista e outros podem ser financiados. 

Além disso, lembre-se que é necessário pagar a comissão do leiloeiro no momento da arrematação. Por isso, a compra do imóvel só é vantajosa quando a pessoa consegue usufruir do bem e mantém uma condição financeira estável.

Quem pode participar de um leilão?

Qualquer pessoa maior de idade e com livre administração de seus bens pode participar de leilões de imóveis pela internet como comprador. Em geral, tanto pessoas físicas quanto jurídicas estão habilitadas para oferecer seus lances.

Pela lei do Código de Processo Civil, não podem participar de um leilão de imóveis pessoas que atuam como tutores, testamenteiros, curadores, administradores ou liquidantes. Além disso, juízes e membros do Ministério Público ou da Defensoria Pública também são proibidos.

O credor da dívida original tem autorização para participar do leilão e comprar um imóvel. Ele pode, inclusive, fazer a aquisição usando o seu crédito da dívida. Mas se o lance for maior que esse valor, o credor deve pagar a diferença.

Comentário do usuário